6 de junho de 2011

Secção de um sólido por um plano projectante

       Represente pelas projecções um prisma pentagonal oblíquo com a base [ABCDE] contida num plano horizontal e ainda, um plano de topo a, de acordo com os dados abaixo apresentados.
     Determine as projecções da parte do sólido truncado compreendido entre o plano a e o plano horizontal de projecção
Identifique, a traço interrompido, as invisibilidades nas arestas do sólido.
      Dados
      - a base de menor cota do sólido é o pentágono [ABCDE] que tem como centro o ponto O (0;5;3) e como um dos seus vértices o ponto A (1,5 ; 1 ; 3)
      - as arestas laterais são frontais, medem 4 e fazem ângulos de 45º de
        abertura à direita com o plano horizontal de projecção
      -o plano de topo a contém o ponto do eixo dos x com -10 de abcissa e faz um ângulo de 30.º, de abertura para a esquerda, com o plano horizontal de projecção.

4 comentários:

Miguel Eiras disse...

uma dúvida, quando tenho os 4 cm de altura, tenho que contar a partir da aresta do prisma na projecção frontal ou a contar a partir do O2?? penso que seja a partir do O2 certo?

Miguel Eiras disse...

é partir da aresta do prisma frontal...

João Paulo Araújo disse...

Olá Miguel,
A altura de um prisma é a distância entre os planos das suas bases. Neste caso é a diferença entre as cotas das bases.
Se o prisma é oblíquo a altura não corresponde à dimensão das arestas laterais.

Miguel Eiras disse...

ok, gratitude!!