30 de junho de 2011

Resolução Questão 2 - Exame 2011 fase1

Como as rectas são concorrentes basta rebater o plano que as define:
Já que nos forneceram o traço horizontal da recta de perfil, bastou achar o traço horizontal da outra recta para definir um eixo horizontal de cota nula (traço horizontal do plano) e efectuar o rebatimento do ponto comum às duas rectas.
Clique nas imagens para visualizar

PDF com os passos da resolução e cotações. Clique Aqui para Importar

22 comentários:

Anónimo disse...

olá, neste exercício eu rebati a recta de perfil e só depois fiz o processo. esta errado?

João Paulo Araújo disse...

Olá,

Rebater a recta de perfil não tem grande interesse, no entanto, se julgar melhor encontrar um outro ponto dessa recta que lhe permita encontrar outro eixo, tudo bem, poderá estar certo.
Para tirar a limpo começe por verificar se o ângulo é de cerca de 72º, se sim, então há uma forte possibilidade de estar correcto, se o seu valor for muito diferente então estará errado, podendo, no entanto ter alguns passos certos

Anónimo disse...

eu rebati a recta de perfil e depois passei um plano horizontal para encontrar os pontos de concorrência com as rectas "a e p" , para encontrar os eixos "e1 e e2" para depois fazer o restante processo .

João Paulo Araújo disse...

Olá anónimo

Aparentemente vc determinou 2 pontos de igual cota e passou por esses pontos um eixo horizontal. Pois bem, aparentemente o seu processo parece totalmente correcto, partido do princípio que rebateu correctamente o plano oblíquo em torno desse eixo.

Claro que o processo também poderia passar por rebater directamente na 3.ª projecção mas esse processo envolve muitos passos e tranferências de medidas que frequentemente provocam erros pelo que evito esse caminho.

Tiago disse...

Olá bom dia, neste exercício não determinei o valor do angulo.
Na sua correcção o angulo foi representado em baixo, eu representei em cima, julgo que poderá ser tambem, certo????????
Cumprimentos

aluno disse...

ola, neste exercicio eu encontrei o plano definido pelas duas retas, e rebati esse plano para determinar a vg das retas. Contudo acho que a amplitude me deu diferente. Eu vou voltar a fazer para confirmar

Anónimo disse...

ola bom dia, havia problema em representar o angulo na projecçao frontal??
Obrigado

Anónimo disse...

Boa tarde. Eu rebati a recta de perfil e tracei um plano horizontal para encontrar de cada recta. mas eu só usei as rectas não usei o plano o plano obliquo.

Anónimo disse...

Ai, ai.... não se rebatem retas! Rebatem-se os planos! As rectas, obtemo-las rebatidas. ;) Boa sorte a todos!

Anónimo disse...

eu rebati para a tripla projeccao ortogonal , e o meu angulo ficou em cima . rebati a recta p e a a(se nao me engano) , tenho o exercicio mal ? :X

João Paulo Araújo disse...

Respondendo a todos:

O plano que contém as rectas que formam o ângulo é um plano oblíquo.
Devemos portanto colocar esse plano, conjuntamente com as rectas, em posição de verdadeira grandeza.
Quem optou por rebatimento teve que colocar um eixo (charneira) horizontal ou frontal (pareceu-me rápido unir os dois "H" das rectas o que dá o traço horizontal do plano que na realidade é uma recta horizontal de cota nula)
O rebatimento desse plano pode ser feito para qualquer lado do eixo.

O rebatimento do plano de perfil com a recta "p" não tem qualquer interesse. Mesmo assim, se no rebatimento determinou outro ponto da recta de perfil e o tranferiu para as projecçoes iniciais, e por esse ponto determinou um outro eixo, frontal ou horizontal concorrente com a recta "a", o raciocínio poderá estar totalmente correcto caso tenha efectuado, no final, o rebatimento do plano oblíquo em torno desse novo eixo.

João Paulo Araújo disse...

Coloquei recentemente um novo desenho em PDF com todos os passos da resolução bem como as cotações da cada passo. Quem não tem a resolução correcta pode ainda assim verificar quantos pontos poderá obter.

aluno disse...

continua sem responder à minha questão. EU determinei o plano obliquo, mas rebati-o pelo duplo rabatimento, o metodo das retas frontas (ou horizontais). Está correto?

Anónimo disse...

mto obrigado :D

João Paulo Araújo disse...

Olá Aluno,

Pelo que descreveu, e como não é completamente claro no que descreve, presumo que:

1 - Determinou o plano ? (mas o plano já estava determinado pelas duas rectas concorrentes)presumo que deve ter encontado os traços do plano ou uma recta horizontal e outra frontal.

2 - Rebateu pelo duplo rebatimento ?
Presumo que rodou o plano com as rectas de forma a que fique , por exemplo, primeiro de topo e depois horizontal ... ou primeiro vertical e depois frontal.

Pois bem, por esse método ou mesmo o da mudança de diedros também é possível construir um processo de resolução correcto.

Portanto, sim, é mais um processo que poderá estar correcto.

Se entender útil mande-me uma imagem do seu processo e só assim poderei verificar se estará efectivamente correcto. (normalmente não recorro à dupla mudança ou dupla rotação já que aumenta consideravelmente o risco de erro e dá muito mais trabalho)

Aluno disse...

sim foi isso, desculpe se não fui claro. Os senhores do GAVE tbm não são muito claros nos seus enunciados. sim fui isso que fiz, mas acho que obti uma aplitude diferente. Eu vou fazer o exercicio outra vez e fazer upload. e não usei uma reta forntal e outra horizontal. Determiniei os traços atravez dos H e F das retas dadas.para isso rebati preimeiro o plano de perfil que continha a reta de perfil para determinar o F. e fiz o resto como vc disse. Pode ser que seja o stor a corrigir o meu exame

Aluno disse...

Agora que voltei a fazer o exercicio, reparei que durante o exame estava a ler mal a direção dos angulos no aristo, pelo que a amplitude do angulo que medi no final, em vez de ser 72, era 112. Eu sei que isso se notava, mas em momentos de pressão... Mas penso que está bem. De qualquer forma eu vou enviar-lhe o exercicio que fiz agora. Foi feito à pressa pelo que tem uma qualidade má.
http://www.easy-share.com/1916461166/exame ex2.jpg
Bom trabalho

João Paulo Araújo disse...

Não, não vou classificar exames

A resolução que colocou começa por um erro na abcissa do ponto F da recta "a"

Encontrou os traços do plano (errado) mas, depois disso, não entendo o seu processo, e não foi nem uma dupla rotação nem uma dupla mudança de diedros. Com esta qualidade gráfica e com falta de indicações dos elementos e processos (por exemplo X´ ou "e" para indicar uma mudança de diedros ou um eixo de rebatimento/rotação)poucas pessoas poderão entender o seu raciocínio e, sendo assim, pegue nos critérios e veja quanto pode obter com este processo... aluno ?

luigy disse...

A amplitude final deu-me igual, e tal como disse eu fiz o exercicio à pressa, no exame não me devo ter enganado... espero bem que não
Cumprimentos

João Paulo Araújo disse...

Vou ter que alterar a definições de blogue, obrigando a autenticação nos comentários, já que não sei nunca quem escreve o quê ... anonimos ... aluno .... eu não sei com quem estou a "falar" e isso não é justo.

Desculpem os mais bem intencionados

Hellomegadownloads disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Paulo Araújo disse...

Para que entender que não é este o local ideal para dicutir estes assuntos desta forma "aberta a todos" pode sempre ligar-se ao grupo do facebook "Eu vou ter um 20 a Geometria Descritiva" que está ligado directamente ao meu messenger para poder ter uma conversa menos pública.

A ideia deste projecto sempre foi discutir Geometria, em que os comentários de uns possam servir a todos (em anos anteriores funcionou na perfeição, como um "chat room")e gostaria de manter esse espírito de colaboração entre os interessados.

Assim sendo, penso que não devo moderar os comentários mas julgo que os comentadores se devem identificar minimamente.

Se entenderem que esta opção é errada, agradeço que me informem e fundamentem.

Bom estudo